Odontologia Estética

Odontologia Estética

Área da ortodontia que se preocupa com a estética, não somente pós-tratamento ortodôntico, mas também durante todo o tratamento ortodôntico. É possível alinhar e resolver os problemas da má oclusão do paciente com aparelhos ortodônticos, quase imperceptíveis.

Com o emprego da Ortodontia Lingual e dos Alinhadores Estéticos, é possível alinhar o sorriso de maneira mais confortável, sem a necessidade de usar aparelhos metálicos, que muitas vezes comprometem a estética do sorriso. Com o uso do aparelho lingual ou dos alinhadores estéticos, ainda é possível realizar procedimentos, como o clareamento por exemplo, sem interferir no tratamento.


Lente de contato


Até pouco tempo, a obtenção da estética na Odontologia, utilizava técnicas complexas com considerável desgaste de estruturas dentárias sadias. (1)

Para se alcançar o equilíbrio estético do sorriso, várias opções de tratamento estão disponíveis na Odontologia Estética, incluindo as restaurações de resina composta direta, entretanto, esse material tem algumas desvantagens em relação às cerâmicas, como: baixa resistência ao desgaste e menor duração dos resultados estéticos pela perda do brilho e textura inicial. (2,3)

Atualmente, as lentes de contato dentais representam uma alternativa conservadora para o tratamento estético, pois recobre com material estético toda a parte da frente do dente do paciente e requer apenas um leve desgaste da parte da frente dos dentes ou, em alguns casos, nenhum desgaste, preservando assim a estrutura dental sadia e a saúde periodontal. (4)

As lentes de contato dental estão indicadas para dentes anteriores e posteriores que tenham alteração de formato, posição e cor, tendo assim suas formas e funções devolvidas ou melhoradas pelo recobrimento com materiais estéticos. Esta técnica é considerada hoje muito eficaz em relação ao seu resultado estético e funcional. (5)

Levam geralmente 3 consultas para ser entregue ao paciente. Na primeira consulta é realizado o diagnostico do paciente, onde é realizado um exame detalhado não só dos dentes, mas da face do paciente, para que o resultado final fique o mais hamonico possível. Na segunda consulta são realizados os preparos, se necessarios, e moldagem do caso. Já na terceira e última consulta, é realizada a cimentação das peças.

As lentes de contato dentais duram aproximadamente de 5 a 7 anos, e após esse periodo deve ser realizado uma avaliação para checar a necessidade de troca ou não das peças. Entretanto, para se alcançar o sucesso nos casos onde se utiliza esse material, assim como em todo tratamento protético, é necessário seguir corretamente um protocolo clinico bem determinado e embasado cientificamente, assim como o conhecimento das propriedades físicas e mecânicas desse tipo de material. (6)

1. Fontana RHBTS, Mendonça MJ, Pinelli LAP, Santana IL, Faria IR. Facetas laminadas em porcelana. J Bras Clin Estét Odont. 2001; 5(26):128-32.

2. Lopes GC, Ballarin A. Planejamento em facetas de porcelana, parte I – reforço do remanescente dental. Int J Braz Dent. 2010; 6(1):43-53.

3. Benetti AR, Miranda CB, Amore R, Pagani C. Facetas indiretas em porcelana – alternativa estética. J Bras Dent Estét. 2003; 2(7):186-94.

4. Frasson DCA. Facetas laminadas em porcelana: revisão de literatura e caso clínico. R S Téc Estét. 2009;6(2):43-9.

5. Teixeira HM, Nascimento ABL, Emerenciano M. Reabilitação da estética com facetas indiretas de porcelana. J Bras Dent Estét. 2003; 2(7):219-23.

6. Zanetti GR, Zanetti LSS, Peçanha MM, Borges Filho FF, Castro GC. Otimizando a cimentação de facetas de porcelana. R Dental Press Estét. 2009;6(3):97-105.