Implantodontia

IMPLANTODONTIA

A perda dos dentes não prejudica somente a estética, mas também altera toda a mastigação. Isso acaba por prejudicar todo o sistema digestivo. Muitos pacientes que chegam ao consultório, apresentam problemas na digestão devido uma mastigação deficitária.

Por isso, a maior tarefa da implantodontia é devolver ao paciente os dentes perdidos. Esta é uma área da odontologia que visa plantar ou reimplantar a dentição perdida, utilizando como base o implante ósseo integrado.

Com cirurgia é possível colocar próteses fixas, tanto na mandíbula quanto na maxila. O procedimento acontece da seguinte forma: 1- É instalada uma peça de titânio no local onde foi perdido o dente. 2- Logo após, é necessário esperar algumas semanas para que a peça de titânio se integre ao osso. 3- Durante esse período de espera, o paciente utiliza uma coroa como dente provisório. 4- Então, após o período de cicatrização, dentes mais resistentes são parafusados sobre a peça de titânio.

Todo implante ou prótese é feito sob medida.

Há contraindicações para: diabtes; tabagismo; turbeculose; doenças do sistema nervoso central; hipertonia dos músculos da mastigação; hipertensão; doenças do coração; estomatite e outras doenças da cavidade oral. Por isso, é sempre importante consultar um especialista de sua confiança.